You are currently viewing The Suncharms: shoegazers veteranos voltam com o EP “Distant Lights”

The Suncharms: shoegazers veteranos voltam com o EP “Distant Lights”

Formação britânica de Sheffield segue inspirada pela era dourada desta esta esfera alternativa

Por Luiz Athayde

A impressão que se tem ao ouvir uma banda underground é: quanto menos conhecida ou mais injustiçada, mais honesta ela parece ser. Não sei se essa relação se aplica ao grupo britânico The Suncharms, sobra verdade no que eles fazem… desde 1989.

The Suncharms ao vivo. (Foto: Reprodução/Facebook)

É isso mesmo. Me refiro a veteranos da cena que teve seu apogeu entre o fim dos anos 80 e meados dos 90, com falanges seminais do quilate de Ride, Lush, Slowdive, The Verve, Catherine Wheel, The Telescopes e lista interminável.

No caso da banda liderada pelo vocalista Marcus Palmer, as atividades duraram justamente naquele período (1989-1993), registrando respectivamente os EPs The Suncharms e Tranquil Day em 1990 e 1991. O hiato foi grande, mas em 2015 eles voltaram com força total e desde então, vêm caprichado nos lançamentos.

E o mais recente é envolvente EP Distant Lights, editado nos formatos digital e especialmente físico. Sabe aquela tradição de lançar CD singles? Então, o carimbo Sunday Records, de Chicago tratou de viabilizar esta empreitada como nos velhos tempos.

O novo trabalho da formação de Sheffield – terra da diversidade: de Def Leppard a Cabaret Voltaire – traz duas versões da faixa-título (“Single remix” e “Album version”) e o b-side “Telescope”. Para todo bom entusiasta por aquele som refrescante que assolou de certa forma, o mainstream, este é um belo aperitivo: vocais quase angelicais, feixes de neopsicodelia e uma paisagem mental que se forma a cada audição.

Uma pena se tratar apenas de um EP. No entanto, o grupo se encontra em pleno labor para finalizar seu próximo álbum de estúdio, sucessor de Distant Lights (o disco cheio) de 2021. Até lá, vale e muito escavar o que a banda lançou e adicionar à sua playlist favorita, juntamente com seus correligionários.

Ouça na íntegra abaixo:

Deixe um comentário