Tears for Fears: neste dia em 1993 “Elemental” era lançado

Registro configura praticamente um álbum solo de Roland Orzabal

Por Luiz Athayde

Após mega sucesso regozijado nos anos 1980, especialmente com o lançamento de Songs From the Big Chair, disco de 1985, os ingleses do Tears for Fears adentraram em um longo hiato criativo, culminando inclusive na saída, em 1991, de uma das mentes do grupo, o baixista Curt Smith.

E a tarefa para estrear discograficamente nos anos 90 sobrou para o vocalista e multi-instrumentista Roland Orzabal. Figurando o disco cheio de número 4 no catálogo da banda, Elemental tomou forma entre outubro de 1992 e março de 1993, no Neptune Kitchen, estúdio de Orzabal.

Ainda que caracterizado como um disco solo do vocalista inglês, todas as nuances que deram fama ao grupo continuaram intactas; sophisti-pop classudo, digno dos melhores diais da esfera pop.

Nos “botões”, o músico contou com o ex-Apartment Alan Griffihs e o renomado produtor Tim Palmer, que dentre seu vasto currículo, inclui nomes, como The Mission, Mighty Lemon Drops, HIM, Ozzy Osbourne, Tarja Turunen, The Cure e U2; sem mencionar as participações ilustres do baixista Guy Pratt (Pink Floyd/David Gilmour solo) e Howard Jones no piano.

Capa do single ‘Break It Down Again’

“Break It Down Again” (17/05/1993), “Cold” (19/07/1993), “Goodnight Song” (outubro de 1993) e “Elemental” (março de 1994) foram os quatro singles extraídos, sendo o primeiro obtendo o melhor desempenho nas paradas no Hemisfério Norte; medalha de prata na Islândia e ouro na parada alternativa da Billboard ianque.

Nada diferente foram as vendas do álbum, que seguiram de vento em popa, ganhando disco de prata no Reino Unido e ouro nos Estados Unidos e França.

Os licenciamentos também tomaram o globo. No Brasil Elemental ganhou edições em CD, Cassete e LP via carimbo Mercury/Polygram (em vinil).

Deixe um comentário