You are currently viewing Pink Floyd: “nunca diga nunca”, diz David Gilmour, sobre reunião

Pink Floyd: “nunca diga nunca”, diz David Gilmour, sobre reunião

Declaração alimenta esperança dos fãs que anseiam por uma reunião desde o Live Aid de 2005

Por Luiz Athayde

David Gilmour voltou a encher de esperanças os eternos carentes fãs de Pink Floyd. Em recente comentário feito no terceiro e último episódio de seu podcast, o músico não planeja, mas deixou as portas abertas para uma possível reunião com seus ex-companheiros.

“Uma pergunta inevitável. Obrigado, mas não temos nenhum plano por agora. Estamos em idade bastante avançada. Mas quem sabe? Algum dia, no futuro, quem sabe? Nunca diga ‘nunca’”, disse Gilmour.

Ouça a declaração (a partir de 14 minutos e 40 segundos):

No mesmo podcast, Gilmour também não demonstra pressa para lançar um novo álbum.

“Você sabe, eu escrevo trechos de música, eu trabalho … Eu não tenho feito muito ultimamente, mas outras coisas na minha vida estão aumentando um pouco –  espaços claros chegando até mim.

“E eu estarei entrando neste estúdio e ouvindo centenas de pequenos trechos de demos que eu tenho e desenvolvendo, vendo onde vai dar, e vendo se eu tenho o meu apetite de volta para começar a gravar um álbum e fazer todo aquele tipo de coisa.

“Entrar nisso é tipo – pelo menos para mim –,  a escrita, o refinamento, a gravação, o marketing de um álbum e fazer uma turnê, ensaio, músicos, tudo isso leva muito tempo, e no fim eu costumo perceber que já se passaram cerca de quatro anos. É um compromisso, que eu ainda estou para fazer “.

A última reunião do icônico grupo aconteceu há 14 anos, no Hyde Park em Londres, especialmente para o Live Aid em 2005. Desde então, apenas espaçadas participações em shows do Roger Wates tanto de David Gilmour quanto de Nick Mason, e declarações desinteressadas – em um retorno – por parte de Gilmour e Waters.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário