You are currently viewing Morrissey demonstra apoio à extrema direita na tv

Morrissey demonstra apoio à extrema direita na tv

Anne Marie Waters, fundadora do For Britain, agradeceu o cantor pelo seu apoio

Por Luiz Athayde

Ultimamente envolto a polêmicas mais do que sua música, Morrissey cantou na noite de ontem (13 de maio) tocou sua versão para “Morning Starship” de Jobriath no programa do Jimmy Fallon. Durante a performance, ele usou um broche com a logo do For Britain, partido britânico de extrema-direita fundada pela ativista anti-islâmica Annie Marie Waters. Ele já havia sido criticado por usr o mesmo broche em shows recentes. Em seu site, o For Britain agradeceu Morrissey pelo apoio.

O apoio do ex-The Smiths ao partido não é uma coisa nova, em entrevista dada em 2010, ele disse:

Tenho acompanhado um novo partido chamado For Britain, liderado por Anne Marie Waters. É a primeira vez na minha vida que vou votar em um partido político. Finalmente tenho esperança. Acho que a mudança constante no Partido Conservador é inútil. A Grã-Bretanha não recebeu nenhum apoio da mídia e foi dispensada com a habitual acusação infantil de “racismo”. Eu não acho que a palavra “racista” tenha algum significado, além de ‘você não concorda comigo, então você é racista’. As pessoas podem ser estúdidas.

Morrissey está com um álbum novo de covers pronto; California Son será lançado no dia 24 de maio, e conta com algumas participações como Ed Droste, do Grizzly Bear e Billie Joe Armstrong, do Green Day. Ariel Engle, do Broken Social Scene, que também participa do ábum, diz que não sabia das opiniões políticas de Morrissey quando topou cantar no disco. “Os comentários inflamados que ele faz não são minha política. Eu acho que ele está completamente fora de linha”, ela disse. “Eu sinto como se fosse, mas é minha culpa”.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário