You are currently viewing Jazz: Louis Banks presta tributo a Oscar Peterson em Mumbai

Jazz: Louis Banks presta tributo a Oscar Peterson em Mumbai

Padrinho do jazz indiano homenageou a lenda Oscar Peterson na última edição do Transcendence 2.0

Por Luiz Athayde

O pianista, compositor, produtor e carinhosamente chamado de “Padrinho do Jazz Indiano” Louis Banks participou do Transcendence 2.0, evento anual onde artistas prestam homenagens a lendas do jazz indiano e ocidental. Sediado em Mumbai, a edição deste ano contou com duas lendas  contemporâneas, inclusive indicadas ao Grammy: Louis Banks (piano) homenageando a lenda canadense do jazz Oscar Peterson e Dr. Mysore Manjunath (violino) prestando tributo a outra lenda, o violinista indiano T. Chowdiah.

Banks e Manjunath estiveram devidamente  acompanhados por Gianluca Liberatore (baixo), Vidwan Bangalore Amrit (khanjira – espécie de pandeiro indiano), Gino Banks (bateria) e Pt. Yogesh Samsi (tabla – instrumento percussivo indiano, também relacionado ao pandeiro no Brasil).

Sobre ter escolhido Oscar Peterson, Banks foi claro:

“Oscar Peterson é unanimemente reconhecido como um dos maiores expoentes do jazz… e ele continua a inspirar todos os estudantes de jazz no piano. Minha própria mudança para o jazz aconteceu quando meu pai me apresentou ao Oscar Peterson… esse foi o ponto de virada em meus estudos e atividades musicais. Por isso, presto homenagem à grandeza de Oscar Peterson.”

Nascido Dambar Bahadur Budaprithi, se interessou pela música ainda moleque por natural influências do pai, um trompetista nepalês radicado em Calcutá, no começo dos anos 1940. Vendo seu crescente interesse pela música, em especial a ocidental, seu pai muda seu nome para Louis Banks, em homenagem ao mestre do trompete Louis Armstrong. Há três décadas é o cabeça de chave do movimento jazzístico da Índia, além de contar com uma indicação ao Grammy em 2008 na categoria ‘Melhor Álbum de Jazz Contemporâneo’.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário