You are currently viewing Grooving in Green – Warning Signs EP

Grooving in Green – Warning Signs EP

Descanso não deve ser uma palavra existente no vocabulário destes Gothic Rockers britânicos

Por Luiz Athayde

10 anos de estrada, 3 álbuns e mais um extended play para a conta em uma data simbólica; o Halloween. Warning Signs é segundo registro discográfico do Grooving in Green,  de longe uma bandas bandas mais raivosas da esfera gótica.

Contando com a solidez de sua formação, Tron (vocais), Pete (guitarras), Switchblade (baixo) e Simon (bateria) vem de uma série de shows no circuito europeu, além de estar nos prepares de subir nos palcos do Tomorrow’s Ghots Festival, que acontece nos dias 1 e 2 de novembro, com um line-up passando por Wayne Hussey, estreando com o seu Divine, Clan of Xymox, Inkubus Sukkubus e muito mais.

Para dar mais gás ao setlist que já conta com o excelente álbum A Second Chance…, lançado em junho, o grupo soltou hoje, via carimbo independenten, mais 3 belas opções: “Warning Signs”, “Drowning Without You (Redux)” e “Premonition (Redux)”.

As duas últimas, como já dizem, são versões reduzidas de antigas músicas da banda, dos EPs Ascent e Dirt, ambos lançados em 2009. Já a grande novidade fica para a faixa homônima, quase tão, ou ainda mais irada (em todos os sentidos) que o registro de junho, inclusive pelo ataque de Tron, em nome de toda a banda, aos radicais grupos de extrema-direita (um óbvio pleonasmo), como disse o guitarrista Pete Finnemore em matéria passada:  “É para combater a ascensão da extrema-direita, [a letra] ressalta o fato de que não há nada de bom em ser nazista.”

E essa sensação de incômodo é nitidamente passada para a música, criando uma atmosfera de desabafo, contestação, mas com uma carga de energia mais necessária ao rock gótico.

Influências clássicas como The Sisters of Mercy e The Cult sempre estiveram presentes na sonoridade do Grooving in Green, mas há tempos nota-se uma sonoridade própria, oriunda justamente dessa raiva que parece estar longe de passar; cortesia do atual Zeitgeist.

Ouça Warning Signs:

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário