Depeche Mode: neste dia em 1982 “A Broken Frame” era lançado

Depeche Mode: neste dia em 1982 “A Broken Frame” era lançado

O trio se encontrava na tafera árdua de seguir em frente sem sua força motriz Vince Clarke

Por Luiz Athayde

Olhando de longe, estamos diante de mais um de vários clássicos do Depeche Mode, mas analisando com uma lente precisa, 1982 foi o ano da prova de fogo dos então garotos ingleses de Essex.

Após a brusca saída do líder e um dos mentores Vince Clarke, Dave Gahan, Martin Gore e Andrew Fletcher se viram em um mato sem cachorro, com desânimo natural de uma banda que tinha tudo para alcançar vôos maiores. Ainda assim, determinados, Martin Gore assume as rédeas e entram em estúdio no último mês de 1981 e lá ficam até julho de 1982 para gravar A Broken Frame.

Depeche Mode já com Alan Wilder

Embora estar longe da experiência de hoje, Martin assinou todas as composições do álbum, sendo o primeiro single “See You”, lançado em 29 de janeiro de 1982; uma música composta quando tinha 16 anos. As outras músicas de trabalho foram “The Meaning of Love”, solta no mercado em 26 de abril do mesmo ano, e o esboço de melancolia em “Leave in Silence”, lançada no dia 16 de agosto.

Com produção assinada pelo chefão da Mute Records e ex-Silicon Teens Daniel Miller e o grupo, A Broken Frame traz, quase que de maneira exata, o clima de ruptura causado pela saída de Clarke, inclusive pelo nome do álbum: “Um Quadro Despedaçado”.

A capa, inspirada no realismo socialista da Rússia soviética, mostra uma mulher ceifando trigo em um enorme campo sob o céu nublado, e teve seu trabalho fantástico feito por Brian Griffin (que também assinou ‘Speak & Spell’), causando dúvidas até os dias de hoje em alguns fãs, se foi mesmo uma foto ou pintura.

Músicas como “My Secret Garden” e “The Sun & The Rainfall” já denotam a veia dark que o grupo iria fomentar em lançamentos futuros. Mas o álbum não foi uma unanimidade, nem mesmo anos depois para o trio. Durante a divulgação do álbumViolator, em 1990, Gore revela um certo remorso por não ter feito mais pelo disco de 1982: “Me arrependo de todas aquelas coisas doentias para meninos e meninas do começo dos tempos … musicalmente, A Broken Frame era uma bagunça”. Fora veículos especializados como o Smash Hits, dizendo que A Broken Frame mostrava “falta de propósito”.

Por outro lado a Noise! escreveu dizendo que o álbum “se encaixa bem” e que “podemos esperar muito mais do quarteto de corte limpo”, se referindo ao visual da banda.

Capa do 7 polegadas do single “See You” (Imagem: Discogs)

No âmbito dos licenciamentos, lançamento mundial incluindo o Brasil em LP no ano de 1983 pelo carimbo Fermata, em CD, Cassete e LP em 1992 pela Mute; e última prensagem em CD pela hoje extinta Paradoxx Music em 1997.

Na série “Collectors Edition CD + DVD” de 2006 consta o segundo episódio do documentário contando a história da banda “Depeche Mode 1982 (The Beginning of Their So-Called Dark Phase)”, além dos lados b “Now, This is Fun”, “Oberkorn (It’s a Small Town)” e “Excerpt From: My Secret Garden”, mais faixas ao vivo gravadas no lendário Hammersmith Odeon em 25 de outubro de 1982.

Ainda:

+ Nas paradas de álbuns mais vendidos, posições modestas, exceto em casa.

Alemanha: 56º lugar
Nova Zelândia: 43º lugar
Suécia: 22º lugar
Reino Unido: 8º posição
EUA (Billboard): 177º posição – mas isso mudaria muito em breve.

+ Alan Wilder se junta ao grupo na turnê do álbum
.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário