Napalm Death solta lyric video de novo single “Backlash Just Because”
Foto: Divulgação

Napalm Death solta lyric video de novo single “Backlash Just Because”

“Backlash Just Because”

‘Throes of Joy in the Jaws of Defeatism’ chega nas prateleiras sônicas no dia 18 de setembro

Por Luiz Athayde

Já fazem 5 anos desde que os mentores do grindcore Napalm Death lançaram seu último álbum Apex Predator – Easy Meat.

No entanto, uma série de splits, singles, compilações e EPs que incluiu até um cover de “White Cross”, do Sonic Youth em ‘Logic Ravaged by Brute Force’ foram editados nesse ínterim, mantendo a tradição de lançamentos, independente de ‘quantas andam’ o mercado sônico.

Para a classe de 2020, Mark “Barney” Greenway (vocais), Shane Embury (baixo), Mitch Harris (guitarras) e Danny Herrera (bateria) preparam novo ataque, sob o título Throes of Joy in the Jaws of Defeatism, com data marcada para sair da fornalha do carimbo Century Media no dia 18 de setembro.

E como single, “Backlash Just Because”; trazendo a agressividade característica da banda em meio a tempos e contratempos outrora explorados.

Confira abaixo:

Em nota oficial o vocalista teceu algumas palavras a respeito do álbum, como capa, temática, etc.

“A frase que me veio à cabeça quando comecei a pensar na direção lírica desse álbum era “o outro”. Você podia reconhecer na época que havia um medo e paranóia crescendo rapidamente sobre todo mundo, da migração de pessoas para pessoas com sexualidade fluida, e isso estava começando a se manifestar em reações muito antagônicas que você achava estar quase à beira da violência. É claro que nem todo mundo recorre a essas reações, mas mesmo a falta básica de entendimento pode se tornar tóxica ao longo do tempo. Não estou dizendo que esse é um fenômeno inteiramente novo, mas que foi atiçado na história recente por pessoas particularmente preocupadas em ataques em círculos mais políticos e, como sempre, senti que seria o antídoto natural para apoiar a humanidade básica e solidariedade com todos.

A arte usa especificamente uma pomba branca como peça central, o que obviamente é um símbolo comum de paz e cooperação. A pomba foi atacada com muita violência por uma mão esterilizante e na morte parece particularmente quebrada e ensanguentada. No entanto, através da violência, você pode ver um símbolo de igualdade no sangue no peito da pomba, o que talvez demonstre – pelo menos visualmente – que a igualdade diminui no final. Um positivo em meio a muitos pontos negativos, então, como o próprio título do álbum sendo um pouco paradoxo – a celebração da humanidade, mesmo nas mandíbulas mutilantes da negatividade ”.

Confira a capa e a lista de músicas abaixo.

1. Fuck the Factoid
2. Backlash Just Because
3. That Curse of Being in Thrall
4. Contagion
5. Joie De Ne Pas Vivre
6. Invigorating Clutch
7. Zero Gravitas Chamber
8. Fluxing of the Muscle
9. Amoral
10. Throes of Joy in the Jaws of Defeatism
11. Acting in Gouged Faith
12. A Bellyful of Salt and Spleen

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe uma resposta

Fechar Menu