Vultos anuncia lançamento de álbum gravado em 1986 “Em Busca Do Tape Perdido”

Ouça versão ‘polida’ da faixa “Incógnito” abaixo

Por Luiz Athayde

A quase bem-sucedida banda do cenário paulista dos anos 80, Vultos fará uma nova aparição discográfica desde Lixo Rico, lançado por carimbo próprio na distante classe de 1996.

Na verdade, a linha do tempo se mostra mais estendida: Em Busca Do Tape Perdido é uma espécie de álbum demo, originalmente gravado no então estúdio Zenith, na capital paulista, em 1986, ou seja, há 34 anos.

Na época, a formação contava com a marcante voz de Marcos Andrada (que inclusive ganhou documentário em 2016, sobre sua vida e carreira musical, intitulado ‘Incógnito’,), mais Wilson Ferreira (guitarras), Vlamir Abbud (baixo), Nelson Proença (bateria) e Sacha Amback nos teclados.

Mas, por algum motivo o mesmo não viu a luz do dia; exceto por algumas músicas que saíram no álbum de 1989 Filme da Alma, via carimbo Baratos Afins.

Agora o novo-velho registro ganha remasterização (além de design, conceitos, arte e finalização) assinada por Gabriel Vieira, a partir dos backups das matrizes analógicas, já que as condições da fita original se encontrava em qualidade aquém da necessária para uma masterização do zero.

Ainda assim, é possível conferir uma palinha do resultado adquirido por Vieira, através da faixa “Incógnito”, por sinal uma das mais queridas dos cultuadores desse que foi um dos nomes mais fortes – e igualmente injustiçados – da esfera indie brasileira.

Ouça abaixo.

Além do já tradicional lançamento digital (via Bandcamp), Em Busca Do Tape Perdido ganhará edição limitadíssima em CD, contendo 4 caixas adicionais e exclusivas para o formato físico; ambos no dia 25 de agosto, sob chancela do carimbo independente Systemica, de São Paulo.

Deixe um comentário