You are currently viewing Trio jazz fusion francês Jasual Cazz promove viagem espacial só de ida no  single “Temple”
Foto: Divulgação/Press

Trio jazz fusion francês Jasual Cazz promove viagem espacial só de ida no single “Temple”

Promissora formação de Lyon prepara seu álbum de estreia

Por Luiz Athayde

O trio jazz fusion Jasual Cazz é daquelas formações que mal apareceram, mas já impõem respeito. Formado em Lyon, na França, por Theo Boero (baixo), Japhet Boristhène (bateria) e Pierre-Louis Varnier (teclado), suas músicas divagam por uma gama imensurável de flertes musicais expostos de tal maneira, que funciona para quem as ouve.

Vide os dois recentes singles, “Spiraling Prism”, e “Temple”, compartilhada especialmente para o nosso editorial. O papo aqui, ou melhor, instrumental, é de cair o queixo no chão… Não. Na verdade é de elevar o corpo às alturas.

Ao espaço, sendo mais específico. Por suas passagens intricadas e dinâmicas intercaladas por raios lasers de sintetizadores. Se captados em algum radar sônico, acha-se de Herbie Hancock, Jean-Michael Jarre e até mesmo (ainda que de forma inconsciente) César Camargo Mariano na sua era synthpop.

Além de vir para somar a embrionária discografia composta por alguns algumas faixas e um EP ao vivo, o single ajuda o trio a se solidificar como um dos atos do neo-jazz francês, correligionário à nomes como Ishkero e Léon Phal5tet.

Segundo o selo da garotada, Chuwanaga, este também é apenas um aperitivo enquanto preparam o álbum de estreia. No mais, resta apreciar a seguir, esta viagem espacial somente de ida para os confins do jazz – e suas infinitas possibilidades.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário