You are currently viewing Skrewdriver às avessas: conheça Negro Terror e sua versão para “Voice of Memphis”
Imagem: Reprodução/Youtube

Skrewdriver às avessas: conheça Negro Terror e sua versão para “Voice of Memphis”

Trio do estado sulista do Tennessee teve uma vida musical breve, mas contínua no ativismo

Por Luiz Athayde

Nunca diga: “já vi de tudo”. Se recentemente um Rage Against The Machine de direita se formou, por outro lado, entre 2015 e 2019, um trio de Memphis, que “apenas aconteceu de todos os integrantes serem negros”, fez barulho ao lançar mão do hardcore/Oi! em sua cidade natal, Memphis, estado sulista do Tennessee.

Na verdade, é mais do que isso. O trio formado por Omar Higgins (vocais, baixo), Ricardo Fields (guitarra) e Ra’id (bateria) gravou sua própria versão para “Voice of Britain”, da banda RAC – Rock Against Communism, ou “Rock Contra o Comunismo”, uma variante de extrema direita do punk rock, ou ainda: uma espécie de “Oi! não tão amigável” – Skrewdriver.

Na releitura do trio, a faixa virou “Voice of Memphis” e enfatiza na letra, sua luta de mote antifa (antifascista), enaltecendo que “a música que é tocada não tem cor, apenas vermelho de pura agressão”. Assista.

A banda soltou apenas um registro, o EP de cinco faixas The Bootleg, que inclui o inusitado cover do grupo britânico. Infelizmente a vida breve do grupo se deu pela partida prematura de Higgins, aos 37 anos, no dia 18 de abril após um infarto.

Curiosamente, o líder do Skrewdriver morreu com uma idade bem próxima, aos 36 anos, em decorrência de um acidente de carro em Derbyshire, Inglaterra.

A fim de não deixar morrer o legado ativista, a banda ganhou um documentário, intitulado Negro Terror – Memphis Hardcore Punk. A direção é assinada por John Rash.

Nele, uma breve história do grupo. Incluindo entrevistas e depoimentos, inclusive sobre como é ser negro e tocar um estilo majoritariamente composto por brancos. Apesar das origens afro-americanas do rock and roll.

Assista ao videoclipe abaixo:


Mais Negro Terror no: Amazon Prime e no site oficial.

Deixe um comentário