Plebe Rude solta novo single, confira “Evolução”

Plebe Rude solta novo single, confira “Evolução”

Primeira parte do homônimo álbum dos dissidentes de Brasília será duplo e com data prevista para o dia 6 de dezembro

Por Luiz Athayde

A banda Plebe Rude mostrou ontem que continua fazendo o concreto rachar. O grupo lançou o primeiro single da primeira parte do álbum Evolução, marcado para sair do forno no dia 6 de dezembro. Será um disco conceitual em duas partes, sendo a segunda prevista para sair no primeiro semestre do ano que vem. A faixa homônima ainda conta com a voz do ex-jogador e atual comentarista esportivo Casagrande.

Confira:

Ao comentar sobre a música, o vocalista/guitarrista Philippe Seabra traçou um panorama do tema do álbum:

“ ‘Evolução’ é a música tema que resume essa saga, esse arco do homem desde que começou a andar nas duas pernas e despertou a consciência, até sua total destruição na Quarta Guerra Mundial. Einstein dizia que não sabia como a Terceira Guerra Mundial seria lutada, mas que a quarta seria com pedras e paus. No meio da canção, duas vezes o Walter Casagrande [comentarista e ex-jogador de futebol] aparece narrando, como se fosse um observador onipresente, os mandos e desmandos da humanidade”, disse o músico.

Philippe Seabra (Foto: Pedro Ventura)

O single é novo, mas a composição, nem tanto; durante o processo de finalização de sua biografia, o vocalista/guitarrista Philippe Seabra “redescobriu” a faixa composta em 1989, que inclusive foi o embrião das 27 músicas da obra conceitual do grupo.

“Eu e o André [baixista] temos essa música há 30 anos sem saber exatamente o que fazer com ela. Tinha muito teclado, a letra era uma história e tinha um tom de chacota, bastante contrário da pegada mais séria da Plebe. Como estava terminando minha autobiografia retornei à música para falar dessa fase da banda (1989) e aí me toquei como era legal, e consegui encontrar a letra original”, disse Seabra em exclusiva para o site UOL. E ainda revelou outra curiosidade:  “Mostrei [a música para Evandro Mesquita] caso tivessem interesse em utilizá-la, mas ele não sentiu que era a cara da Blitz. ‘Caramba’, pensávamos, ‘se nem pra Blitz serve…’ “, finalizou.

O primeiro volume de Evolução irá suceder o último registro da banda, Primórdios, composto essencialmente por músicas entre 1981 e 1983, lançado em 2018. Além dos integrantes originais Philippe Seabra (vocais e guitarras) e André X (baixo e vocais), a banda conta com o líder o Inocentes Clemente, nas guitarras e vocais e o baterista Marcelo Capucci.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário