Astma apresenta EP de estreia em giro pelo Brasil
Foto: Diego Cagnato

Astma apresenta EP de estreia em giro pelo Brasil

Em Vitória, grupo paulista toca com Volapuque e outros representantes autorais do cenário local

 

Por Luiz Athayde

E o caldeirão pós-punk continua fervilhando, inclusive no Brasil. De São Paulo da recente classe de 2018 vem o grupo Astma.

Oriundo das cinzas do Animal Heart, assim como por inúmeros projetos/bandas como Futuro, Ordinária Hit, Horace Green e Radical Karma, o quarteto lançou há um ano seu EP de estreia Ghosts, carimbado no melhor estilo “faça você mesmo”.

Girando em torno do prisma do pós-punk, as quatro faixas mostram visíveis nuances e influências de nomes como Belgrado, Modern English, Joy Division e outros; além de enfatizar a energia da cozinha servida por Flávio Bá (baixo), Cauê Xopô (guitarra) e Fernando Chero (bateria), sob comando da voz de Camila Martins.

Astma (foto: Divulgação)

Embora o pós-punk se encontre um ótimo momento, a ideia de gerar uma falange com esta pegada não é nova. É o que revela Cauê Xopô, inclusive enfatizando o sentimento de unidade quando o referimos como mente mestre da banda.

“Eu sempre tive essa vontade, na verdade, mas mentor é uma palavra muito forte. Eu levantei essa bola e todo mundo gostou, mas deixamos isso bem aberto pra desenvolver tudo em conjunto mesmo.”

É também esse espírito coletivo que bate de frente com qualquer barreira quando o assunto é limitar a sonoridade do Astma.

“A premissa da banda é a mesma, pós-punk com vocal feminino, bastante influência das bandas inglesas dos anos 80 e das bandas da região da Escandinávia pós-2000. Por mais que seguisse essa estética e que todo mundo fosse familiarizado e curtisse, é uma vertente bem aberta entre o punk e o gótico, e isso dá uma flexibilidade pra coisa existir a partir de cada instrumento e voz”, disse Xopô.

E é essa performance que o grupo promete levar em seu vindouro giro, que já conta com datas em São Paulo, Curitiba, Volta Redonda, Rio de Janeiro e Vitória.  

Será a estreia do Astma do Espírito Santo, mas não necessariamente a de Xopô; o guitarrista já tocou na terra da moqueca com o Plague Rages e o Nerds Attack.

No evento que acontece na capital capixaba, no próximo dia 28 deste mês, no Centro Flutuante, as honras serão feitas pelas bandas Volapuque (grupo formado por membros e ex-membros do Valvulla e Mukeka di Rato), que segue firme na divulgação de seu autointitulado álbum de estreia; Auria, e o Esclerose, pisando pela primeira vez nos palcos.  Tudo sob a chancelaria do Matilha Punx.

Mais sobre Astma pode ser conferido no Bandcamp, incluindo o registro de estreia, Ghost nos formatos digital e em vinil 7 polegadas. Acesse aqui.

Deixe um comentário