Rosetta Stone – Cryptology

Rosetta Stone – Cryptology

Banda de Porl King voltou flertando com suas raízes

Por Luiz Athayde

Das bandas que figuraram a safra noventista do rock gótico britânico, o Rosetta Stone é certamente uma das mais ativas – e igualmente obscuras.

Formada na Liverpool da classe de 1988, o grupo chegou a sacudir o subterrâneo com Adrenaline, um de seus mais importantes álbuns; cortesia do carimbo Cleopatra Records, eterna referência em lançamentos voltados para a música gótica.

Mesmo selo que trouxe de volta o vocalista e compositor Porl King de seus outros projetos – Miserylab e In Death It Ends – para editar Seems Like Forever, isso após 19 anos sem soltar sequer um single. E aproveitando a efervescência criativa, King volta o sintomático Cryptology.

Como o próprio título denota, é uma criptoanálise de um período mais rudimentar do gótico, compreendido justamente entre nomes diretamente influenciados por The Sisters of Mercy – e cá entre nós, quem não é?

Enquanto a reestreia “Seems…” soa mais darkwave e com uma certa pompa, o novo álbum remete às suas raízes, inclusive no que diz respeito a produção, nitidamente mais crua.

O que dizer da cativante “With This [I’m Done]” ou da pegada ‘Leeds’ de “In Black”? E ainda: “Always Always”, como se fosse uma versão atualizada de “Train” da banda de Andrew Eldritch.

Como resultado, temos um disco sem meias palavras; pronto para pistas movidas a luz baixa e decoração podre, audições regadas a vinho barato entre velas ou mesmo pelo prazer de ouvir algo tão simples, honesto e, ainda assim, extremamente enérgico.

Em meio a tantos grupos pós-punk de abordagem mais synthpop, Cryptology soa como um ato de esperança para a música dark movida a voz, guitarra, baixo e bateria – ainda que, como o saudoso Dr. Avalanche, programada. Em suma, melhor álbum em quase 30 anos. Fácil.

Ainda:

Além do formato digital, Cryptology se encontra disponível em uma edição limitada em vinil roxo 12 polegadas no Bandcamp.

Ouça o álbum completo abaixo:

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Erro no banco de dados do WordPress: [Table './classofs_wp/wp_comments' is marked as crashed and should be repaired]
SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS wp_comments.comment_ID FROM wp_comments WHERE ( comment_approved = '1' ) AND comment_post_ID = 9006 AND comment_parent = 0 ORDER BY wp_comments.comment_date_gmt ASC, wp_comments.comment_ID ASC

Deixe uma resposta

Fechar Menu