Thiago Halleck (Gangue Morcego) emerge das cavernas com novo single, ouça “Zero”

Música serve de prévia para futuro registro ainda sem data de estreia

Por Luiz Athayde

Uma das principais bandas do cenário pós-punk/deathrock brasileiro entrou em um hiato indefinido no fim de 2019. Em seu curto período de atividades (2011-2019), a Gangue Morcego lançou três singles e um álbum, Olhem Paras As Ruas (2017); registros que fizeram a alegria dos fãs do gênero underground adentro.

Com cada um seguido seu caminho, o primeiro a sair das cavernas foi o baixista e vocalista Thiago Halleck, que mesmo em paralelo ao grupo carioca, já integrava a banda pós-punk paulista 1983, que também conta com trabalhos gravados.

Desde o fim de 2019, o músico também içou voo solo de sua caverna, ao lançar o single “730 Passos”, com letra inspirada no clássico romance do escritor russo Fiódor Dostoiévski, Crime e Castigo, e uma versão para “Funeral”, música da obscura banda Lupercais, de Brasília. Agora a faixa a aterrissar na classe de 2020 é “Zero”.

Segundo o próprio, a nova composição possui um caráter mais pessoal.

“É sobre uma amiga minha que faleceu já faz uns anos, e quando ela faleceu eu escrevi umas coisas num caderno, que ficou enfiado. Anos depois eu o encontrei com as coisas escritas e aí eu tive a ideia de pegar alguns trechos e transformar na letra da música.”

Mais musical e não menos direta, a nova pegada abordada por Halleck se alinha ao atual status quo dos sons obscuros, mas sem deixar de carimbar sua marca nesta esfera deveras linear.

Ouça:

O novo aperitivo também serve de esquenta para o novo trabalho, ainda sem previsão de lançamento.

“Pretendo lançar o EP ou o álbum, não sei, vai depender do quanto de material eu tiver pronto, mas não tem previsão, estou fazendo as coisas [de maneira] bem leve, no meu tempo livre. Algumas músicas já estão prontas, faltando apenas mixagem ou voz.”, disse o músico ao Class of Sounds.

E as apresentações ao vivo? Se trata apenas de um projeto ou as proporções tendem a tomar os palcos? Halleck mostra que não está de brincadeira:

“Estou preparando esse material para poder pegar a estrada. Apesar de gravar tudo sozinho, pra fazer shows eu vou chamar uma galera para tocar. Estou montando duas bandas de apoio na verdade. Uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro.”

Os singles se encontram disponíveis no formato digital no Bandcamp oficial do músico. Links:

https://halleck.bandcamp.com/album/zero
https://www.facebook.com/halleckmusic/
https://www.facebook.com/paranoiamusique/

Deixe uma resposta