You are currently viewing Shoegazer italiano True Sleeper volta com o brilhante single “Dream Travellers”
Foto: Divulgação/Press

Shoegazer italiano True Sleeper volta com o brilhante single “Dream Travellers”

O músico Marco Barzetti revirou suas gavetas e ressignificou canções para o próximo álbum

Por Luiz Athayde

Se há uma palavra de ordem por aqui, essa é escavar. Ficar na zona de conforto ao receber, a todo momento, material novo de bandas que acabaram de surgir, ou dos velhos de guerra, não é o lema do Class Of Sounds. E o resultado não poderia ser diferente: satisfação por encontrar algumas jóias sônicas.

Neste caso, a mais reluzente se chama True Sleeper. Projeto do músico e produtor italiano Marco Barzetti; entusiasta de sons psicodélicos, espaciais, sonhadores, viajantes e alternativos. Ou aquela pegada inglesa que assolou o mercado entre o fim dos anos 80 e meados dos 90.

Mas, aparentemente, sua empolgação discográfica havia sumido. Ao menos pelo olhar do público. Após uma sequência matadora de singles nos anos de 2018 e 2019, que culminaram no álbum de estreia, Life Happened, Barzetti não lançou mais nenhum som novo.

Até agora: nada como revirar suas próprias gavetas e redescobrir o significado de antigas composições. Foi quando “Dream Travellers” surgiu entre nuvens: “Entre 2017 e 2020 eu compus um disco, eu apenas o produzi parcialmente e depois o abandonei em um HD”, começa o artista romano. “O material era muito diferente de tudo o que eu havia feito até aquele momento. Eu não poderia compartilhar com amigos próximos, muito menos publicá-lo.”

Ele acrescenta: “Há algum tempo resolvi pegar aquele disco de novo e completá-lo. Acho que ao não publicá-lo eu teria pulado, autocensurado um pedaço da minha história.”

Ao comentar sobre a faixa, Marco Barzetti aproveita para revelar que finalmente vem mais material inédito por aí: “Em termos sonoros, o disco representa uma ponte entre o que já fiz no passado e o que estou preparando para o futuro, e que mal posso esperar para lançar.”

Entre nuances eletrônicas, guitarras ‘molhadas’, o groove hipnótico e a constante atmosfera cinzenta, a faixa discorre de forma coincidente pelos mesmos caminhos seguidos pelo Paradise Lost, quando flertaram com o britpop em seu single “Fader”. Em outras palavras, ventos de The Verve, Chapterhouse e outros de temperaturas similares são facilmente sentidos ao longo da canção.

Enquanto o novo trabalho não sai, vale muito a pena dissecar sua breve discografia, preferencialmente de modo inverso, com a brilhante “Dream Travellers”. Ouça a seguir:


Mais True Sleeper pode ser conferido nos links:

Facebook
Instagram
Bandcamp
Spotify

Youtube

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário