Artista teuto-brasileira Gloria de Oliveira submerge no synthpop etéreo em novo vídeo, assista “The Only Witness”

Faixa irá figurar a coletânea, ‘Fascination’, agendada para sair ainda este mês

Por Luiz Athayde

As credenciais da artista teuto-brasileira Gloria de Oliveira vão além da pagina um. Conhecida essencialmente por seus trabalhos em séries de TV, como Babylon Berlin (2016 – 2020), Counterpart (2017) e Strawberry Bubblegums (2015), a atriz registrou em 2019 dois trabalhos como cantora, algo natural desde sua infância.

La Rose de Fer e Lèvres de Sang foram editados por carimbo próprio (independente) e é do segundo registro que saiu a faixa “The Only Witness”, que ganhou videoclipe assinado por Julia Ritschel, renomada diretora atuante no meio LGBTQ – o curta “La Cigale et la Fourmi” se lançou com sucesso em inúmeros festivais do gênero –, e a diretora de fotografia Chrissi Buchmann.

Ambientado sob frias paisagens, a música conta uma história de amor impossível entre duas mulheres. Segundo Gloria ao site Post-Punk, é também um “conto de fadas sombrio – em algum lugar entre o Veludo Azul, de [David] Lynch, a Nostalgia de [Andrei] Tarkovski e Suspiria, de [Dario] Argento”.

Musicalmente, Synthpop com forte espessura Ethereal; além da tradicional aura darkwave para casar perfeitamente com o vídeo. Assista:

A faixa figura o novo registro, Fascination, agendado para sair do forno no próximo dia 27 de março via carimbo germânico Reptile Music, nos formato físico e digital.

Antecipando o lançamento de seu material, a cantora prepara giro pela Alemanha na próxima semana, abrindo para o duo pós-punk nova-iorquino, Tempers, passando por Dresden (19/03), Berlim (20/03), Jena (21/03), Colônia (24/03) e Hamburgo (25/03).

 

Deixe um comentário