Uncarnate – Loss [EP]

Uncarnate – Loss [EP]

Duo polonês trouxe mais um registro independente entre o synthpop e o darkwave

Por Luiz Athayde

Adam Radziszewski e Wojciech Jarzębak estão de volta. E como. Sub a alcunha Uncarnate, o duo polonês lançou, não há muito, e por vias independentes o EP Loss.

Mas não foi somente o lançamento; as composições e todo o trabalho de gravação, produção, mixagem e masterização é  carimbado pelo modo D.I.Y. (do it yourself – faça você mesmo) de ser.

O resultado surpreende. Além da qualidade técnica, temos 4 faixas tão ou mais inspiradas que o último registro dos caras, o excelente disco cheio Reality Breakdown, de 2019. Logo ao dar play “So Cold” te faz sentir uma familiaridade com o que eles fazem desde 2015. E isso é um ponto mais que positivo. Ou seja, sinais de uma marca própria aí.


“Zion” soa como um clássico eletropop futurista, e é onde se percebe como os efeitos vocais, de forma dosada, em nada estragam ou deixam uma canção artificial demais. “Shangri-la” começa com uns efeitos que lembram até jogos de Atari, mas logo seguido por um suspense pós-apocalíptico. Mas tudo é uma mera encenação para um synthpop nos melhores moldes alemães, como De/Vision e Camouflage dos anos 90.

Quando se fala em música eletrônica de mote pop, impossível não visualizar Depeche Mode na mente. E “Acid Rain” cumpre bem esse papel em uma posição que vai além da despedida do play estendido, já que conta com a participação de Agata Pawlowicz, co-estrelando os vocais com Jarzębak. Chuva ácida, mas de um eletrônico bem dark e sem muitas esperanças para a humanidade.

Loss não chega a ser um álbum, mas é como se fosse; dada a sua densidade e a conexão entre as músicas, bem como sob o contexto do qual ele foi gerado.

Ouça o EP completo no Spotify.

Deixe um comentário