Retrograth – Desolation [EP]

Retrograth – Desolation [EP]

Músico e produtor sueco Claes Nordling se firma entre o minimalismo em meio a nuances futuristas

Por Luiz Athayde

O projeto eletrônico de mote analógico Retrograph segue mais ativo do que nunca nesta interminável pandemia. Após uma pequena sucessão de singles, o músico e produtor Claes Nordling com o EP Desolation.

Editado no velho esquema independente, ou seja, por contra própria nas plataformas digitais, o novo trabalho traz a mesma pegada minimalista, com temas influenciados por filosofia e ciência, com momentos que beira o futurismo – o que não é uma surpresa num todo, já que a música eletrônica foi criada com esse mote.

“The Year Stood Still” é a única das 4 faixas que já havia sido divulgada. Por sinal, é a que destoa do registro, por apresentar um viés mais synthpop, de nomes como Wolfsheim, mas principalmente De/Vision.

Já “Silent Spring” mostra aquele viés krautrock quase Kraftwerkiano; bem climática, e nada experimental como as falanges alemãs. “Blue Skies” tem como intro uma linha de baixo que configura um dos maiores clichês da esfera eletrônica, mas antes mesmo de qualquer jugamento, ela cresce como poucas na breve discografia do sueco.

“Hostage or Host” é mais minimal synth, com todas as características de uma faixa de tom misterioso e até mesmo dramático.

Trocando em miúdos, ou seja, em resumo, é um disquinho que pode passar longe de uma pista de dança, mas casa legal em uma playlist de quarentena.

Ouça Desolation completo no Spotify.

Deixe um comentário