Proscriptor McGovern (ex-Absu) anuncia álbum com sua nova banda, Apsû
Foto: Scott Kincade & M. Zvyagina

Proscriptor McGovern (ex-Absu) anuncia álbum com sua nova banda, Apsû

Autointitulado disco será lançado em 26 de novembro via carimbo Agonia Records

Por Luiz Athayde

O que parecia improvável, aconteceu. O baterista e vocalista norte-americano Proscriptor McGovern (Russ R. Givens) retomou as atividades sônicas com uma nova banda, batizada Apsû.

Se trata da reencarnação do Absu, grupo que lhe fez famoso no subterrâneo metálico ao apresentar uma via diferente para o black metal, lançando mão de influências que vão do folk ao psicodélico; além de singulares abordagens do heavy metal tradicional. Segundo nota publicada nas redes sociais, a ideia do novo nome foi extraída do álbum homônimo não lançado de sua ex-banda.

Além de McGovern, a formação é composta por: Ezezu (Paul M. Williamson), baixista canadense oriundo do último line-up; o guitarrista Vaggreaz (Daniel Gonzalez), também integrante das  bandas Possessed e Gruesome; e o tecladista grego Vorskaath (Dimitrios Dorian), conhecido por trabalhos no Zemial e Agatus.

O objetivo não poderia ser mais natural; dar continuidade direta ao legado deixado pelo Absu, levantando a bandeira do ‘mythological occult metal’ através do autointitulado álbum de estreia, agendado para sair em 26 de novembro pelo carimbo Agonia Records.

Ao ser perguntado sobre o resultado do mesmo, o músico texano respondeu: “Ter a oportunidade de reunir esses membros da banda, no desenvolvimento deste álbum, foi uma honra notável e sinto fortemente que este álbum captura o verdadeiro, mas frenético potencial da banda.”

Ele acrecenta: “Eu indiquei especificamente esses três para aumentar o retrato geral do som dessas gravações, esperando que nossa ênfase no ‘metal oculto mitológico’, juntamente com elementos progressivos e psicodélicos, agarre o ímpeto do ouvinte. Mais importante, eu elogio fortemente a Agonia Records por levar nossa visão musical e arcana para o próximo nível.”

A produção, bem como a parte de engenharia de som foi assinada pelo baterista. A mixagem foi uma parceria entre McGovern e J.T. Longoria (Absu, King Diamond, Solitude Aeturnus), e a masterização a cargo de Karl Daniel Lidén; baterista e produtor sueco nomeado ao Grammy.  Para celebrar a volta, o trabalho também conta com as participações especiais de ninguém menos que o ex-Manowar, Ross Friedman (Ross The Boss), Rune Eriksen (Aura Noir, Vltimas, ex-Mayhem); Alex Colin-Tocquaine, baixista da banda francesa de death metal, Agressor; e The Dark (Agatus).

Uma das marcas da lendária formação americana é a parte lírica, que Proscriptor McGovern’s Apsû garante estar intacta. Ele comenta: “Este álbum foi escrito para aqueles que são curiosos e incansáveis ​​em sua busca por conhecimento arcano. Eu (com grande esforço e detrimento de tempo e espaço) coletei considerável conhecimento em relação às minhas teorias do ‘metal ocultista mitológico’: do Magick Thelêmico e Fórmula de Zos Vel Thanatos para Ontologia Fractal e (obviamente) Mitologia do [antigo] Oriente Próximo.”

Mas o trabalho não se limitou apenas as músicas e letras. Mesmo nos encontrando na era digital, é sabido por quem acompanha de perto o universo do metal que o conceito é parte importante de uma obra, e isso inclui, obviamente, a arte da capa. Para esta feita, Proscriptor convocou novamente o renomado artista polonês Zbigniew Bielak (Ghost, Darkthrone, Portal, Mgla).

“Com incrível rapidez, ele foi capaz de ressuscitar o pulso artístico depois que apresentei nas especulações acerca do assunto do álbum e os temas das letras. Algumas ilustrações estão associadas a várias canções; outras se integraram a apenas uma música, mas Zbigniew superou perfeitamente cada peça refletindo meus motivos oblíquos e ‘intermediários’ ”, comentou McGovern.

Proscriptor McGovern’s Apsû virá em todos os formatos (e gostos) possíveis, incluindo digital, cassete branco, CD (digipack, acrílico e Clam-Sheell Box limitado em 100 cópias numeradas), e nos vinis: preto, verde musgo, ouro, prata, ultra claro, splatter e picture. Pré-venda disponível neste link. Abaixo, capa e a lista e músicas.

I. Amenta: Accelerando: Azyn including Hierophantasmal Expounder
II. Esoterically Excoriating The Exoteric
III. Quasaric Pestilence
IV. Mirroracles
V. In-Betweeness Gateway Commuters?
VI. Jupiter In Capricornus
VII. Dedicated To Thoth, But Azathoth Wasn’t Listening (A Necroloquy)
VIII. Caliginous Whor
lX. The Coagulating Respite
X. Prana: Therion: Akasha
XI. Tantrums Of Azag-Kkû
XII. Every Watchtower Within Is The Axis Of A Watchtower Without including Totemic Thresholds

Deixe um comentário