You are currently viewing Lost Horizons: projeto de Simon Raymonde (Cocteau Twins) e Richie Thomas (Dif Juz) lança single com feat. de Marissa Nadler, “Marie”
Foto: Divulgação

Lost Horizons: projeto de Simon Raymonde (Cocteau Twins) e Richie Thomas (Dif Juz) lança single com feat. de Marissa Nadler, “Marie”

Segunda parte de ‘In Quiet Moments’ chega no próximo dia 26 de fevereiro via carimbo Bella Union

Por Luiz Athayde

O super duo britânico  Lost Horizons  compartilhou “Marie”, o primeiro aperitivo sônico da parte 2 do álbum In Quiet Moments, agendado para sair do forno no próximo dia 26 de fevereiro pelo carimbo Bella Union. A primeira parte chegou no último dia 4 de dezembro.

A vocalista convidada para o novo single é a cantora e artista plástica estadunidense Marissa Nadler, seguindo o mote de trazer uma série de vocalistas convidados para os discos.

Tudo a comando da dupla formada pelo músico, compositor e produtor Simon Raymonde, mais conhecido pelos seus trabalhos no Cocteau Twins, e o ex-batera do grupo post-punk/ethereal Dif Juz, e também ex-integrante do The Jesus and Mary Chain (bem como o próprio Cocteau Twins) Richie Thomas.

Em nota oficial, Raymonde contou mais sobre a nova faixa e a participação da cantora norte-americana: “Eu não acho que houve um segundo que eu não encontraria uma música para Marissa cantar no novo LP. Tanta coisa legal saiu de nossas últimas colaborações em Ojalá, na verdade acho que acabamos gravando quatro músicas da ideia original de fazer uma! Marissa é uma colaboradora realmente ótima e generosa, pois ela realmente se dedica e se compromete totalmente. É um presente raro e lindo, e Richie e eu apreciamos enormemente. Foi uma faixa horrível de mixar, para ser honesto, e isso não teve nada a ver com os vocais de Marissa, na verdade, eles foram muito fáceis de mixar. Mas a música inicial que Richie e eu improvisamos em nosso estúdio subterrâneo em Brighton era um pouco bagunçada e não usamos um clique ou nada para manter o ritmo, então consertar qualquer coisa depois foi uma causa perdida, mas é uma peça tão legal que eu adorei criar (acho que coloquei quatro, talvez cinco partes de baixo com meu velho e fiel baixo Fender VI!) que, mesmo quando está meio que desmoronando durante aquela seção instrumental perto do final, eu ainda amo isso. Provavelmente parece que demorou meia hora para misturar, mas a verdade é que demorou semanas para começar, desmontar, recomeçar, desmontar, etc. E sim, pretendo totalmente pedir a Marissa para contribuir com o nosso próximo também. ”

Entusiasmada, Nadler comentou: “Foi um sonho colaborar com Simon e Ritchie para o Lost Horizons novamente. ‘Marie’ é um devaneio aquático sobre este personagem-título entrando em diferentes dimensões. Talvez estejamos todos nos sentindo um pouco submersos, observando o tempo. Esta canção de fluxo de consciência veio de uma guia que Simon enviou, e deu origem a esta alucinação hipnagógica de uma história. ”

Muito mais que uma prévia do próximo lançamento “Marie” é um deleite para os aficionados no antigo catálogo do seminal carimbo 4AD, já que conta com dois nomes importantíssimos daqueles tempos, que trouxeram ao mundo pérolas etéreas no cenário pós-punk.

In Quiet Moments  virá com o dobro de músicas – e consequentemente colaboradores – do registro anterior, e será o terceiro disco dos ingleses desde a estreia discográfica Ojalá, de 2017.

Confira o vídeo abaixo:

Mais Lost Horizons pode ser conferido nos links:

Facebook
Instagram
Bandcamp

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário