You are currently viewing Johnny Thunders: álbum “Que Sera, Sera”, de 1985 ganhará box set

Johnny Thunders: álbum “Que Sera, Sera”, de 1985 ganhará box set

Reedição sai sob chancela do carimbo Jungle Records no dia 11 de setembro

Por Luiz Athayde

Esse ano o quinto álbum solo do saudoso guitarrista Johnny Thunders Que Sera, Sera completa 35 anos. Aproveitando a ocasião o carimbo Jungle Records preparou uma reedição para encher os olhos (e esvaziar os bolsos) dos colecionadores de plantão.

O reintitulado Que Sera Sera – Resurrected será em 3 CDs, contendo o álbum remixado pelo ex-baixista do The Vibrators e produtor Pat Collier no disco 1; uma série de b-sides, outtakes e faixas ao vivo de shows em Amsterdã, nos Países Baixos, Lyon, na França e em Genebra, Suíça, gravados entre 1984 e 1985 no disco 2; e o álbum original no disco 3; além de livreto de 36 páginas recheadas de fotos inéditas e notas assinadas pela biógrafa de Thunders, Nina Antonia.

O registro sucede as limitadíssimas edições em LP duplo lançadas exclusivamente no Record Store Day de 2019.

Gravado nos estúdios londrinos, West 3 Studio e Tin Pan Alley Studio, em agosto de 1985, Que Sera, Sera contou com várias participações especiais, como seu parceiro dos tempos de Dolls Jerry Nolan, Stiv Bators (Dead Boys), Glen Matlock (Sex Pistols), seus pupilos finlandeses do Hanoi Rocks, Michael Monroe e Nasty Suicide (vocalista e guitarrista, respectivamente) e até Wilko Johnson, guitarrista da era inicial do Dr. Feelgood.

Ainda que na batalha para deixar o seu vício em heroína, o lendário músico conseguiu editar um dos álbuns mais diversificados de sua discografia. Exemplo disso foi o seu flerte com o reggae, em “Cool Operator”, ou mesmo no retorno às raízes com “Endless Party”, composta em parceria com David Johansen, vocalista do New York Dolls.

Para garantir a caixa Que Sera Sera – Resurrected na pré-venda, acesse este link.

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário