You are currently viewing Dancoes: projeto post-rock volta com videoclipe para o single “The Whole Nine Yards”
Imagem: Reprodução/Youtube

Dancoes: projeto post-rock volta com videoclipe para o single “The Whole Nine Yards”

Faixa pode integrar futuro trabalho, ainda sem data e título divulgados

Por Luiz Athayde

O projeto Dancoes voltou com videoclipe de uma antiga composição. “The Whole Nine Yards” é parte integrante do álbum intitulado 20, lançado em 2020 por vias independentes, mas, segundo o próprio, pode ser reprisado em um novo trabalho.

“Estou trabalhando material novo sim, e gostaria de incluir o single, mas ainda não tenho data de lançamento”, diz o músico capixaba há longos anos radicado na Flórida, Estados Unidos, em entrevista publicada para outro veículo.

No segundo semestre de 2021 ele havia compartilhado uma bela versão para “Pra Machucar Meu Coração”, de Ary Barroso. O mote era o do indie rock sob rédeas do Midwest emo, tendo como o principal nome o American Football. Ainda assim, Dancoes cita uma gama de bandas.

“Cresci ouvindo bandas indies dos anos 90. Nesses tempos, uma banda que me marcou muito foi Jawbreaker, que na época fazia um punk bem diferente e mais maduro para a época. Nessa mesma época tive a oportunidade de conhecer Dread Full de MG e me identifiquei muito com o estilo de punk que eles faziam Caçando bandas como Jawbreaker, descobri Elliott Smith perdido em uma coletânea com várias outras bandas de punk da área de San Francisco (A Slice of Lemon da Lookout com Kill Rock Stars).”

E acrescenta que “ao mudar de volta para Albuquerque (NM, EUA), alguns amigos me introduziram ao “Come On Die Young” do Mogwai”. E conclui: “Gosto muito de the Cure, U2, New Order. Passei um tempo ouvindo os primeiros discos do Hurtmold também, e atualmente estou curtindo muito o som de Toe e Unwed Sailor. ”

O vídeo foi gravado no bom e velho formato “faça você mesmo”, bem como a própria faixa, que leva produção e mixagem a cargo de Dancoes. “Compus a música em 2013 quando vim para Florida dirigindo de Los Angeles. Assim como na mudança, ao chegar aqui eu passava muito tempo no carro entre um trabalho e outro”, revela.

“Acho que essas viagens de estrada são o que realmente te ensinam sobre uma cultura, e talvez também até um pouco sobre si mesmo. A rádio acaba se tornando sua companhia, querendo ou não. Conheci certas coisas com que me encantei (como a beleza natural do lugar) assim como pontos de vista que eu pessoalemente discordo. […] pensei que a melhor coisa que poderia fazer como artista seria simplemente documentar aquilo ao meu redor de forma neutra crua e real, talvez como um registro.”

Assista ao videoclipe abaixo:

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário