Chromatics anuncia encerramento das atividades
Foto: Reprodução

Chromatics anuncia encerramento das atividades

“Somos eternamente gratos pelo seu amor e apoio”, disse a americana em comunicado oficial

Por Luiz Athayde

A banda dreampop/minimal wave Chromatics anunciou o fim das suas atividades sônicas após 20 anos. A confirmação veio através do perfil da vocalista Ruth Radelet, em comunicado também assinado pelo multi-instrumentista Adam Miller e o baterista Nat Walker.

“Após um longo período de reflexão, nós três tomamos a difícil decisão de encerrar o Chromatics. Gostaríamos de agradecer a todos os nossos fãs e aos amigos que fizemos ao longo do caminho – somos eternamente gratos por seu amor e apoio. Este foi um capítulo verdadeiramente inesquecível em nossas vidas, e não poderíamos ter feito isso sem vocês. Estamos muito entusiasmados com o futuro e esperamos compartilhar nossos novos projetos com vocês em breve.

Com amor,

Ruth Radelet, Adam Miller and Nat Walker”


Curiosamente, Johnny Jewel, parte importante na formação americana de Portland, não foi mencionado, mas seu representante, em resposta ao site Pitchfork, disse que “Johnny está extremamente orgulhoso de seu trabalho com o projeto ao longo dos anos e ele continuará fazendo música e apoiando grandes artes e artistas por meio de seu selo Italian Do It Better.”

Especialmente nos últimos anos, a história do Chromatics foi regada a expectativas e algumas surpresas, em específico sobre o tão aguardado álbum Dear Tommy, anunciado em 2014 pelo grupo. Ao invés disso, resolveram soltar singles e vídeos e até mesmo EPs, sem deixar claro se fariam ou não parte do registro.

Alguns feitos da banda incluem nada menos que duas apresentações na série Twin Peaks e assinatura (por Johnny Jewel) em trilhas sonoras como Drive  (2011), Rio Perdido (2015)  e Home (2016).

O último trabalho de estúdio lançado pelo grupo foi Fade Now, uma espécie de versão deluxe do álbum Close to Grey de 2019.

Deixe um comentário