You are currently viewing Brendan Perry (Dead Can Dance) toca “Canto de Ossanha”, de Baden Powell e Vinicius de Moraes, assista
Imagem: Reprodução/Youtube

Brendan Perry (Dead Can Dance) toca “Canto de Ossanha”, de Baden Powell e Vinicius de Moraes, assista

Apresentação ocorreu em Saint-Laurent-de-Neste, em 2019, na França

Por Luiz Athayde

Se algum fã de Dead Can Dance tinha alguma dúvida da veia macumbeira do cantor, compositor e multi-instrumentista Brendan Perry, ela acaba agora.

Ou havia acabado em 2019, em apresentação ocorrida no Centre culturel Maison du Savoir, na comuna francesa Saint-Laurent-de-Neste. Na ocasião, o artista britânico hoje residente na França tocou “Canto de Ossanha”, icônica faixa de abertura de Os Afro-Sambas, terceiro álbum colaborativo e seminal de Baden Powell e Vinicius de Moraes, editado em 1966.

Assista o vídeo:

Notável fã de música brasileira, Perry também tocou, no mesmo ano,  “Berimbau” de Baden Powell, em Amsterdã, Holanda.

E embora inusitado para muitos, o histórico do músico com o Brasil vai muito além da única apresentação feita com o Dead Can Dance no país em 1996. Algumas das referências incluem desde um rio da Amazônia na capa de The Serpent’s Egg a cantos de pássaros; e claro, o uso de berimbaus no último álbum Dionysus, de 2018, dentre outros.

Ouça a versão original de “Canto de Ossanha” abaixo:

Please follow and like us:
Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe um comentário