Washed Out – Purple Noon

Washed Out – Purple Noon

Ernest Greene enfim, voltou para seu ponto de origem

Por Luiz Athayde

O músico norte-americano Ernest Greene sabe das coisas. Apareceu em 2009 com um cassete recheado de canções pop/eletrônicas de mote praiano, também conhecido como Chillwave. Era o High Times.

Dali, sua escalada para a superfície “indie” foi um pulo; em 2011 assina com a icônica Sub Pop e edita seu melhor registro Within and Without, seguido de outro álbum de nível similar, inclusive de sucesso: Paracosm, de 2013.

Ernest pelas lentes de sua esposa Blair Greene

Quatro anos depois, Greene surpreende. Mister Mellow sai por outro selo, Stones Throw Records e também por outra via; a consistência dá lugar ao plástico, que ao contrário do sentido real, este já se encontra em processo de decomposição.

E isso se deve especialmente a Purplen Noon, álbum recém-saído do forno pelo lendário carimbo de Seattle; casa que Greene nunca deveria ter pulado fora.

Em suas 10 faixas, é como se a linha do tempo tivesse feito uma curva de 2013 até 2020, com direito a nuances aqui e ali dos trabalhos iniciais, com a diferença positiva para a produção, ainda mais cristalina. Vide os óbvios singles, “Too Late” e “Time to Walk Away”, que pega emprestado a métrica da fantástica “Amor Fati” (de Within and Without”) para dizer: estou de volta, seus putos.

Outras que merecem menções honrosas são a quase épica “Don’t Go”, com sua atmosfera ‘fim de tarde’, se conectando inclusive com a belíssima arte do disco, não devendo em nada a artistas baleáricos de plantão; e “Hide”, por ser uma típica composição nos moldes chillwave, posicionada corretamente no play.

Tentar outras sonoridades e influências está longe de ser ruim. Pelo contrário, é tão compreensível quanto necessário, especialmente quando algo dá errado: bastar usar do salvo conduto dos dias de glória.

E é disso que se trata Purple Noon. Mais que uma “volta” ao seu ponto de origem, é Ernest Greene tomando vergonha na cara, fazendo o que sabe melhor dentro desta esfera que ele mesmo criou.

Ouça Purple Noon no Spotify.

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Erro no banco de dados do WordPress: [Table './classofs_wp/wp_comments' is marked as crashed and should be repaired]
SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS wp_comments.comment_ID FROM wp_comments WHERE ( comment_approved = '1' ) AND comment_post_ID = 9134 AND comment_parent = 0 ORDER BY wp_comments.comment_date_gmt ASC, wp_comments.comment_ID ASC

Deixe uma resposta

Fechar Menu