Pizzicato Five: neste dia em 1991 “This Year’s Girl” era lançado

Pizzicato Five: neste dia em 1991 “This Year’s Girl” era lançado

A banda japonesa que foi muito mais que “Twiggy Twiggy”

Por Luiz Athayde

Neste dia em mil novecentos e noventa e um o álbum que botou o grupo japonês Pizzicato Five no mapa sônico do mundo era editado pelo carimbo Seven Gods Records.

This Year’s Girl é tudo isso graças a sua mistura singular movida pelo pioneirismo no Shibuya-kei  – uma espécie de semente própria, nipônica, equivalente ao Madchester inglês, ou, em um sentido mais amplo, a combinação da vida noturna e comercial Shibuya, bairro de Tóquio; artistas dando mergulhos rasos na estética kitsch, em algo de Showa e pop sessentista ocidental; jazz e vai.

Formado em 1979 por Keitarō Takanami e Yasuharu Konishi, o primeiro álbum, Couples, só veio após algumas mudanças em 1987, e outras tantas aconteceram até se estabelecem com Maki Nomiya,tornando-se essa a formação clássica da banda.

Pizzicato Five ou apenas ‘P5’ (Foto: Reprodução)

No processo que levou até o álbum, o trio voltou a 1981 para resgatar uma antiga canção da cantora Nanako Sato, no qual havia, até então, uma única versão no primeiro disco solo de Nomiya Pink no Kokoro, de 1981. A releitura que emplacou diais mundo agora e, principalmente a programação das MTV’s com seu vídeo divertido: “Twiggy Twiggy”.

Curiosamente, a música não foi editada como um single. Pudera: embora seja a maior fração (juntamente com “Baby Love Child”) das 18 faixas cantadas em inglês e japonês, o registro compõe um mar de samplers, spoken words e ambientações que impedem o ouvinte de adiantar um segundo sequer.

A consequência natural foi notas altas em veículos musicais e 55º lugar nas paradas japonesas.

Mas o sucesso não rendeu licenciamentos fora do Japão. This Year’s Girl só possui edições nipônicas em CD, e relançamento remasterizado nos anos 2000 e 2006, inclusive contando com capas diferentes.

Ainda:

+ “Party” é uma regravação do álbum solo da lenda local Harumi Hosono, ex-integrante do Happy End, Yellow Magic Orchestra, Friends of Earth e tantos outros.

+  Uma das principais influências de This Year’s Girl é o álbum de estreia do trio de hip hop De La Soul, ‘3 Feet High and Rising’.

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Erro no banco de dados do WordPress: [Table './classofs_wp/wp_comments' is marked as crashed and should be repaired]
SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS wp_comments.comment_ID FROM wp_comments WHERE ( comment_approved = '1' ) AND comment_post_ID = 9313 AND comment_parent = 0 ORDER BY wp_comments.comment_date_gmt ASC, wp_comments.comment_ID ASC

Deixe uma resposta

Fechar Menu