Gazorpazorp – Od vazduha i sunca [EP]

Gazorpazorp – Od vazduha i sunca [EP]

Pós-punk e outras coisas mais da Sérvia

Por Luiz Athayde

No Brasil a cidade do qual a banda pós-punk britânica Gang of Four teve mais impacto foi Brasília. Ou, ao menos foi o lugar onde catapultou os nomes mais conhecidos do cenário nacional.

Mas Andy Gill e cia também causaram estrago, no melhor dos sentidos, no resto do mundo. Óbvio. Incluindo o Leste Europeu. E é de Belgrado, Sérvia, que vêm uma das mais novas formações do pedaço, o Gazorpazorp.

Gazorpazorp (Crédito: Divulgação/Facebook Gazorpazorp)

Composto por Jasmin Rastić, Damjan Nedelkov, Nikola Bajčetić e Milos Đerković, esta brigada eslava começou suas atividades ontem, em 2016, e lançando seu EP#1,  em 2018; um registro dotado de distorção, peso e boas doses de agonia – ou uma espécie de balaio entre Devo, Fugazi, Queens Of The Stone Age e Mondo Generator.

Agora, dois anos depois, eles voltam mais “new” e principalmente “wave” com o novo play estendido de 5 faixas Od vazduha i sunca. E a mudança de direcionamento é nítida já na abertura “Ne bojim se” (“Eu não tenho medo”).

“Vratimo nežnost u grad” (“Vamos trazer o afeto de volta para a cidade”) chega na sequência com melodias bem cativantes tanto no instrumental quanto na voz; resultado de uma não intencional referência que envolve seus contemporâneos Viagra Boys e o clássico The Clash.

“Tango” figura a terceira faixa do registro e o segundo single a ganhar produção videoclíptica. Como o título já diz, é uma dança entre o rock alternativo e o jazz, capitaneado pela adição do sax nos seus poucos mais de 3 minutos de duração.

Já com uma sonoridade mais cheia, “El Matador” (que também  ganhou um fantástico videoclipe) lança mão do groove por caminhos sinuosos e uma melodia vocal como se estivesse entoando um canto (quase) árabe.

O disquinho encerra com a sugestiva “Outro”, uma faixa instrumental onde a banda resolve atacar de post-rock; embora no caso deles, de “pós” não tem nada, pelo contrário, a guitarra é uma dominante e ainda é o tempero principal desta falange sérvia.

Para um trabalho tão coeso, cinco músicas é muito pouco, mas, ao mesmo tempo, é um cartão de visitas mais que recomendável aos que procuram música que navega pelo caminho do meio: torta e acessível.

Ouça Od vazduha i sunca no Bandcamp, ou abaixo, no Spotify:

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Erro no banco de dados do WordPress: [Table './classofs_wp/wp_comments' is marked as crashed and should be repaired]
SELECT SQL_CALC_FOUND_ROWS wp_comments.comment_ID FROM wp_comments WHERE ( comment_approved = '1' ) AND comment_post_ID = 10506 AND comment_parent = 0 ORDER BY wp_comments.comment_date_gmt ASC, wp_comments.comment_ID ASC

Deixe uma resposta

Fechar Menu