Air: neste dia em 2000 “The Virgin Suicides” era lançado

Air: neste dia em 2000 “The Virgin Suicides” era lançado

Uma das trilhas sonoras mais “finas” do cenário alternativo teve assinatura do duo francês

Por Luiz Athayde

Há exatos 20 anos a cineasta ítalo-norte-americana Sofia Coppola fazia sua estreia nas grandes telas como diretora. Um tanto ousado e deveras intrigante, As Virgens Suicidas narra a história das irmãs Lisbon; envolta a sonhos, fantasias e repressão, com destinos marcados pelos garotos de sua vizinhança suburbana, dos Estados Unidos dos anos 1970.

Para compor a trilha sonora, Nicolas Godin e Jean-Benoît Dunckel, assinando como Air.

Air (foto: Divulgação)

Gravado em 1999, o sucessor do bem recebido álbum de estreia, Moon Safari, de 1998 teve um processo mais simples.

Inicialmente, as composições foram naturalmente inspiradas no filme e feitas para sincronizar com as cenas do mesmo, mas ao caminhar para o final do processo criativo, o mote foi apenas criar músicas que pudessem ser ouvidas independente da produção hollywoodiana.

São ao todo 13 faixas, onde todos os elementos que fizeram do Air um dos duos mais relevantes do cenário pop se encontram presentes; do ar misterioso as nuances atmosféricas; da melancolia ao clima quase baleárico, mas, sobretudo, cinematográfico.

A recepção não poderia ser melhor para um registro deste tipo: o álbum, lançado pelo mega carimbo Virgin Records foi nomeado como Melhor Trilha Sonora no Brit Awards 2001 e figurou a 49ª posição nos 100 álbuns essenciais de rock francês, pela Rolling Stone francesa; além de número 11 nas “61 MaioresTrilhas Sonoras de Todos os Tempos”, da New Music Express, em 2014 e 4ª posição no “Top 50 Best Movie Scores of All Time”, em 2019 pelo site Pitchfork.

Licenciado mundialmente em CD, LP e Cassete, Original Motion Picture Score For The Virgin Suicides ganhou reedição super deluxe em 2015, em comemoração do 15º aniversário. Na caixa, 2 LPs, 2 CDs e 1 12 polegadas de remixes e a versão original de “Playground Love”.

No mais, demos, faixas ao vivo e claro, o álbum original, totalmente remasterizado; tudo sob chancela do Aircheology/Parlophone.

Nas paradas: 37º na Bélgica, 27º lugar na Irlanda, 14ª posição no Reino Unido e 161ª posição na Billboard 200 Yankee; disco de ouro na França, Reino Unido e Estados Unidos.

Ainda:
+ Todas as músicas são assinadas por Godin e Dunckel, exceto “Playground Love”, composta pelo duo em parceria com o músico, produtor e atual marido de Sofia Coppola, Gordon Tracks.

+ “Playground Love” foi a única faixa a virar single; lançado em 17 de janeiro de 2000.

Faça sua doação para incentivar nossos redatores.

Deixe uma resposta

Fechar Menu